Os municípios de Aracati e Jijoca de Jericoacoara apertam o cerco contra a circulação de pessoas por causa da pandemia de covid-19. Entre os dias 10 e 17 de fevereiro, período em que o carnaval seria realizado, haverá barreiras sanitárias e até limitações ao horário de funcionamento do comércio nas cidades.

A Prefeitura de Aracati publicou decreto com validade entre 11 e 17 de fevereiro com as restrições adotadas. Comércio ambulante ou em banca/estrutura provisória de bebidas alcoólicas estão proibidos. Bares e clubes também não poderão funcionar.

O município decretou ainda a proibição de qualquer tipo de festa em ambientes abertos ou fechados, inclusive em restaurantes e áreas privadas. Paredões de som e até mesmo caixas portáteis também estão proibidos em áreas públicas como praças e ambientes privados.

Restaurantes, barracas de praia, praças de alimentação, lojas de conveniência, comércio de rua, supermercados, lojas de autosserviços em postos só podem funcionar até às 20h.

Vila de Jericoacoara

A Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara concentrou os esforços na Vila de Jericoacoara. Barreiras sanitárias vão barrar a entrada de qualquer pessoa que não more, não trabalhe ou não tenha hospedagem comprovada no local. As restrições vão ficar vigentes de 10 a 17 de fevereiro.

Os estabelecimentos comerciais vão ficar sob rédea curta. Eles vão funcionar em horários reduzidos e com aplicação de medidas sanitárias, como limitação de capacidade e isolamento social. Quem desrespeitar as regras terá o estabelecimento fechado por sete dias, além de multa que pode chegar a R$ 75 mil. Em caso de reincidência, o fechamento passa a ser de 30 dias. (Aflaudísio Dantas para O Otimista)