O Prêmio Equilibrista 2019 foi entregue na terça-feira, 19, para o diretor-presidente da rede de supermercados Mercadinhos São Luiz, Severino Ramalho Neto, como ‘Equilibrista 2019/Executivo de Finanças do Ano’, e para o Sistema Ari de Sá (SAS), como ‘Empresa Padrão 2019’. O artesão Espedito Seleiro também foi homenageado com a “Medalha Amigo do Ibef” e várias das suas criações estavam expostas no saguão do Hotel Gran Marquise, onde ocorreu a solenidade de entrega do prêmio, organizado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef) e reconhecido como o “Oscar dos Negócios” pelo setor empresarial.

O SAS foi representado pelo presidente do Conselho Administrativo da holding Arco Educação e fundador do Colégio Ari de Sá Cavalcante, Oto de Sá Cavalcante. O fundador do colegio e da faculdade Ari de Sá foi homenageado no ano passado como ‘Equilibrista 2018/Executivo de Finanças do Ano’. Esta foi a nona edição do Equilibrista e a primeira com a “Medalha Amigo do Ibef”. O mestre artesão de Nova Olinda, que completou 80 anos no ultimo dia 29, foi escolhido pela sua relevância para o artesanato e a cultura popular cearenses.

“Gestores e empresas que não hesitam em sua missão maior: colaborar para o crescimento de um mercado que garanta dignidade a milhares de famílias e ao nosso país. Que o exemplo de vocês de perseverança, dignidade e honra ecoe”, disse o presidente do Ibef, Luiz Trotta Miranda, durante discurso de abertura.

Indicados

Ao receber o prêmio Equilibrista 2019, o empresário Severino Ramalho Neto agradeceu aos dirigentes pela sua indicação. “É um prêmio gigantesco, que nos honra muito”, avaliou. Há 43 anos nos Mercadinhos São Luiz, Severino Neto tornou-se sócio da empresa juntamente com o com seu tio, João Melo, no final da década de 1980. Após o falecimento do tio, passou a dividir a direção dos Mercadinhos São Luiz com seu irmão, Luiz Fernando Melo Ramalho, em 2008.

Para o educador, engenheiro e fundador do Colégio Ari de Sá Cavalcante, o prêmio Empresa Padrão valoriza os indicados e, “entendendo esta homenagem como sendo da empresa, gostaria que meu filho Ari de Sá Neto e todos os colaboradores se sintam também homenageados”, disse.

Fundado em 2004, o SAS tem mais 500 colaboradores, distribuídos em cinco unidades, no Ceará, São Paulo e Santa Catarina. Hoje, mais 780 escolas e 260 mil alunos em todo o país usam as soluções educacionais desenvolvidas pelo SAS.

Sobre o Equilibrista

O prêmio, idealizado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef), foi criado em 1984 e é representado por uma escultura em bronze criada pelo artista plástico Osni Branco. Na eleição 2019 para a votação cearense, foram indicados três executivos por seu desempenho profissional e competência administrativa: Pedro Lima, da 3 Corações; Roberto Macedo, da J. Macedo e Severino Ramalho Neto, do grupo Mercadinhos São Luiz (esse escolhido pelo voto direto dos associados).

A premiação é considerada a mais importante homenagem a empresários que se destacaram no mundo das finanças, reconhecendo o trabalho e desenvoltura de executivos diante das adversidades.

No Estado já foram contemplados os empresários Beto Studart, da BS Participações; Deusmar Queirós, do Grupo Pague Menos; Ednilton Gomes Soarez, das Instituições Educacionais 7 de Setembro; Fernando Cirino, da Durametal; Cândido Pinheiro, da Hapvida Saúde, Ivens Dias Branco, da M Dias Branco; Geraldo Luciano Mattos Júnior, do Grupo M. Dias Branco e na última edição Ari de Sá Neto, do Sistema Ari de Sá.

Já o prêmio Empresa Padrão foi criado em 2009 e é destinado à empresa destaque do ano, onde são considerados além da relevância no setor econômico, as práticas de gestão e contribuição da organização para o estado.

Com o título Empresa Padrão já foram agraciadas: M. Dias Branco, Rede de Farmácias Pague Menos, Grupo Ypióca, Grupo Marquise, Grupo Edson Queiroz, Hapvida, 3Corações, Mercadinhos São Luiz e Sistema Ari de Sá (SAS – 2019)

Fotos: Natanael Feitosa