A relação do músico Nivaldo Expedito de Carvalho, mais conhecido como Chambinho do Acordeon, com os ritmos nordestinos sempre esteve no sangue. Seu avô, Zezinho Barbosa, trabalhava como afinador de sanfona, no interior do Piauí, onde Nivaldo passou parte da infância e aprendeu os primeiros acordes no instrumento. A convivência com diversos sanfoneiros da região enraizou de vez o xote, o xaxado, o forró e o baião nas veias do paulistano de 41 anos.

Em 2012, seu talento e sua sanfona o levaram para as telas de cinema ao ser selecionado – entre 5 mil candidatos – para interpretar ninguém menos do que Luiz Gonzaga, no filme “Gonzaga: de Pai pra Filho”, dirigido por Breno Silva. . O filme foi um divisor de águas na trajetória de Nivaldo, rendendo-lhe participação em programas nacionais e novelas. “Eu me dediquei de corpo e alma para esse projeto. Fiquei mais de um ano sem tocar nos palcos, em respeito ao ofício de ator e para me preparar para encarar, como personagem, Luiz Gonzaga, aquele que marcou e está vivo na memória de todos os brasileiros”, conta Chambinho.

Os detalhes dessa trajetória ele vai contar neste domingo (13), às 17h, no projeto “Papo Sonoro”, do Cineteatro São Luiz. A programação estreia no site e canal do YouTube do equipamento. Acompanhado de sua sanfona, zabumba e triângulo, Chambinho do Acordeon vai também tocar, resgatando o verdadeiro baião, xote e xaxado imortalizado na voz de Gonzagão.

SERVIÇO

Chambinho do Acordeon – Papo Sonoro

Quando: domingo (13), às 17h

Onde:  https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/ e canal de Youtube do Cineteatro São Luiz https://www.youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza