O Sana começa nesta quinta com uma diversificada programação híbrida. A transmissão será pelo YouTube e redes sociais do festival. Um dos destaques do evento é o lançamento da revista “Turminha do Sana”, em homenagem aos seus 20 anos

Emanuel Furtado
emanuelfurtado@ootimista.com.br

O festival Sana realiza a partir desta quinta-feira (14) até o próximo domingo (17) uma nova edição híbrida, como forma de se preparar para o receber o público presencialmente em 2022. A ação cultural, que será transmitida de forma virtual pelo YouTube (canal SANA TV) e redes sociais, também ocorre de forma presencial – através dos campeonatos de K-pop, games e cosplay (sem a presença da torcida, apenas com a participação do júri). Os anfitriões do evento serão o dublador Charles Emanuel e Renata Red.

Um dos destaques do festival, que comemora 20 anos, é o lançamento  da revista “Turminha do Sana”. Segundo Ricardo Busgaib, um dos diretores do evento, os quadrinhos são, antes de tudo, uma cultura geek que estimula a leitura e o senso crítico. “Vamos disponibilizar a revista no formato PDF gratuitamente (no site do Sana), com o objetivo de expandir o universo Sana”, informa ele. A revista é assinada pelo desenhista Ítalo Cruz e pelo escritor Rodrigo Passolargo.

“20 anos é uma vida. Durante essas duas décadas, tanto o evento, como nós produtores dele, crescemos, evoluímos e aprendemos. Muita coisa mudou de lá para cá. Quando começamos tínhamos o objetivo inicial de fazer um trabalho de fã para fã, que era algo muito popular na época. Isso continua até hoje. Nós temos a ideologia de ser fã para fã, por isso trabalhamos como uma fundação (Fundação Cultural Nipônica Brasileira) e não como uma empresa”, explica Ricardo Busgaib.

Ele lembra que sempre eram feitos eventos de seis em seis meses e, com a pandemia, o festival teve que se reinventar. “No ano de 2020 íamos fazer uma grande edição anual e comemorativa e a pandemia infelizmente não permitiu que esse evento fosse feito de forma presencial, mas não podíamos deixar de fazer, de deixar nosso público completamente órfão. Era um público que estava em isolamento social com a realização do Sana Live. Então nos sentimos na responsabilidade de não deixar nossos parceiros e nosso público na mão. Aprendemos a fazer um evento online devido à necessidade. A partir desse conhecimento quase que forçado, a gente começou a trabalhar os componentes digitais no meio do evento”, lembra ele.

Ricardo adianta que o evento presencial de 2022, que será no Centro de Eventos, continuará com o sistema híbrido, mas com público. “Traremos esses componentes que aprendemos a trabalhar de forma a integrar e não substituir. Integrar e aperfeiçoar o evento presencial para que ele possa ter esses componentes digitais para trazer um convidado, de qualquer parte do mundo, para interagir com outro convidado que esteja aqui no evento”.

O primeiro dia do festival, que tem início hoje a partir das 19 horas, será um “Spoiler Night” – encontro pelo YouTube com a equipe do Sana TV. Na ocasião, muito bate-papo e a exibição dos vídeos classificados para o K-pop e cosplays. Já o segundo dia evento será marcado pelo clima de abertura, a partir das 18 horas. Serão realizadas atrações em estúdios e a apresentação da banda Halton Hanzo. O grupo já acompanhou vários artistas internacionais.

Tanto no sábado, como no domingo serão realizados painéis, como “Animes dos anos 2000”, “Canal Qualquer Coisa”; Quadrinhos e Financiamento Coletivo” (com Geraldo Borges); “Animes Exclusivos” (com os convidados Crunchyroll, Fabrício Vila Verde e Leo Santhos); “Free Fire” (com o Levi Alves), além de um painel sobre “Séries”, com Elvis Franklin, entre outros.

Na abertura e nos intervalos dos painéis, os anfitriões do evento estarão ao vivo fazendo uma série de atividades com youtubers, lives musicais e dubladores. O festival também destaca que todos os  protocolos sanitários serão respeitados e que, na oportunidade, serão divulgados mais detalhes sobre a venda de ingressos para o retorno do Sana com presença do público.

Serviço:
Festival Sana
Quando: de quinta (14) a domingo (17)
Hora: quinta (a partir das 19h), sexta ( a partir das 18h), sábado e domingo (a partir das 14h)
Onde: YouTube SanaTV e redes sociais (Instagram e Facebook)

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

Quinta (14/10)

19h – Abertura do evento

19h10 – Spoiler Night – Apresentando o evento

19h50 – Apresentando os selecionados do K-pop

0H30 – Apresentando os selecionados do Cosplay

21h10 – Encerramento e anúncio da data do Sana Presencial

Sexta (15/10)

18h – Abertura do evento

18h20 – Apresentação do 1º Host do evento – e um painel sobre o projeto Valkirias

19h – Capitão Planeta, com o convidado Renato, do Canal Nerd Show

20h – O dia das bruxas no universo de Harry Potter, com Rebeca, Roteiro Nerd, Caco do Caldeirão furado, Hyago da Hocus Pocus

20h45 – Show com a Banda Hattori Hanzo

21h35 – Encerramento

Sábado (16/10)

14h – Abertura

14:10 – 80 anos do Superman – A jornada do homem de aço nas telas

15h – Mistério, terror e horror na literatura

15h45 – RPG com dubladores

16h50 – “Animes dos anos 2000”, com o Canal Qualquer Coisa

17h50 – “Quadrinhos e Financiamento Coletivo”, com Geraldo Borges

18h35 – Doramas

19h10 – Final do K-pop

20h – Show

Domingo (17/10)

14h – abertura

14h10 – “Animes exclusivos (Jujutsu Kaisen)”, com Crunchyroll, Fabrício Vila verde e Leo Santhos

15h45 – “Vilões & Monstros que Amamos Odiar”, com Henrique Willer e Deilson Magalhães

16h40 – Lançamento da HQ do SANA – Rodrigo Passolargo e Ítalo Cruz

18h – “Free Fire”, com Levi Alves

18h45 – “Séries 2021”, com Elvio Franklin e Delano Nogueira

19h10 – Final do Cosplay

20h – 25 anos de Resident Evil