A pandemia fez muita gente voltar a conviver com as famigeradas acnes. Confira as causas e os cuidados que você precisa ter com a pele para mandar as espinhas embora

Naara Vale
naaravale@ootimista.com.br

Conhecida por atormentar a vida de adolescentes, as acnes podem ser companheiras também de adultos. A cantora Anitta que o diga! Recentemente, em uma postagem sua nas redes sociais, uma fã notou espinhas na pele da funkeira e ela respondeu com humor: “Tá babado mesmo. TPM + Sol todo dia + protetor solar + cabelo molhado com creme sarrando… Paraíso das espinhas. Só resta ter paciência. Uó”.

Anitta tem razão: tudo isso aliado à falta de uma limpeza profunda, uso de produtos inadequados, falta de alimentação balanceada e o fator genético deixam a pele propícia para ser o “paraíso das espinhas”. A pandemia da covid-19 veio complicar ainda mais a situação. “O emocional de muitas pessoas ficou abalado e a pele ressecada pelo excesso de lavagem. Com o uso contínuo da máscara e o contato dela com a pele, muitas pessoas, já na fase adulta, voltaram a ter acnes e desconfortos na pele”, explica Mirtes Alves, coordenadora do curso de pós-graduação em Dermoestética da Unifametro.

O aumento do problema foi perceptível também nos consultórios de dermatologia. Segundo o dermatologista José Antônio Brandão, muitos pacientes estão voltando ao consultório em busca de tratamento para acne. “O aparecimento da acne durante a pandemia envolve o problema do estresse que altera o metabolismo. Também as pessoas ficam mais tempo em casa e esquecem de lavar o rosto, não higienizam a pele. Com a ansiedade, mexem nas lesões, e ainda tem o fator alimentação que influencia porque muita gente passou a comer coisas mais gordurosas”, relata o médico.

Aplicação de produtos errados para cada tipo de pele ou em excesso também pode causar o aparecimento das temidas acnes. De acordo com Brandão, em casos de acne na fase inicial, é possível fazer o tratamento apenas com a higienização correta e uso de fotoproteção ideal para cada tipo de pele.

Já em casos de lesões cutâneas mais severas, deve-se procurar um dermatologista especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para fazer uma avaliação e desenvolver o tratamento adequado. “Não existe uma receita só. Cada caso precisa ser avaliado”, recomenda o dermatologista. “O principal em casos de lesão é não mexer e usar protetor solar para evitar as cicatrizes de acne”, alerta Brandão.

Limpeza já

Conforme a esteticista Mirtes Alves, um dos erros comuns nos cuidados com a pele é não fazer a higienização profunda da pele. “Quem faz uso de fotoprotetor precisa fazer uso de demaquilante porque o fotoprotetor tem substâncias de alta aderência e acabam fazendo o tamponamento na pele, não deixando a pele respirar”, explica.

Retirar o resíduo de maquiagem, excesso de oleosidade, células mortas e outras impurezas vai ajudar na absorção dos produtos e evitar a formação de cravos e espinhas. A limpeza, no entanto, não deve ser feita mais de duas vezes ao dia para evitar o ressecamento da pele e o chamado efeito rebote, em que pele produz mais oleosidade para hidratá-la.

Confira o passo a passo da rotina de limpeza:

  • Limpeza: lave o rosto com água e um sabonete neutro. O ideal é aplicar sabão próprio para o seu tipo de pele, principalmente se ela for oleosa. Retire o restante das impurezas com uma loção demaquilante ou água micelar.
  • Tonificação: tonificar a pele também é importante. Além de ajudar a retirar as impurezas, os tônicos faciais ajudam na normalização do PH da pele, preparando-a para receber o hidratante.
  • Hidratação: além de beber muita água, aplique hidratantes tópicos. Peles oleosas também devem ser hidratadas, porém, com produtos específicos.
  • Fotoprotetor: o uso do protetor solar deve ser diário, independente se você vai se expor diretamente ao sol. Cada tipo de pele tem um protetor específico.

+ Esfoliação: uma vez por semana é indicado utilizar um esfoliante facial para ajudar na desobstrução dos poros. Aplique o esfoliante facial em um algodão e esfregue no rosto fazendo movimentos circulares. No dia em que fizer a esfoliação, não é necessário aplicar outros produtos em seguida.