A procura pelas lentes de contato aumentou durante a pandemia. Elas são práticas e acessíveis, mas é preciso estar atento aos cuidados diários para garantir a saúde ocular. Confira dicas de especialista

Emanuel Furtado
emanuelfurtado@ootimista.com.br

A pandemia do novo coronavírus vem sendo responsável, dentre inúmeras mudanças na vida das pessoas, pelo aumento na procura por de lentes de contato. De acordo com o empresário Márcio Mendonça, da Neolentes, o crescimento deste mercado foi de 100%. 

Motivos para isso não faltam, afinal, elas são práticas, acessíveis e facilitam o dia a dia. “As pessoas estão mais expostas às telas de computadores e celulares. O aumento também se deu devido ao embaçamento das lentes de óculos pelo uso de máscaras e pela melhor performance durante a prática esportiva”, diz. 

Por essas e por outras, elas se tornaram ainda mais populares. Isso não quer dizer, no entanto, que não exijam cuidados durante o uso e que não devam ser receitadas por um especialista, pois podem trazer riscos à saúde ocular, como “graus (dioptrias) incorretos, má adaptação às lentes, podendo, inclusive, causar lesões oculares”, alerta o oftalmologista Gustavo Amaral Lopes.

Segundo ele, os usuários devem estabelecer procedimentos de limpeza de forma cotidiana. Lavar bem as mãos, deixar as unhas curtas para o manuseio, manter as pálpebras bem abertas, limpá-las antes e depois de colocá-las nos olhos, e apenas com solução multiuso. “Nunca deve-se utilizar água ou soro para a limpeza, pois as soluções têm o poder de desinfecção, agindo contra bactérias e fungos, principalmente”. 

Outro ponto que exige atenção é o período ideal para a troca das lentes, que depende de cada modelo escolhido, podendo ser anual, mensal ou descartável, por exemplo. “É muito importante respeitá-lo [o prazo], sob risco de acúmulo de impurezas que causarão problemas à saúde ocular”, diz. 

Gustavo Amaral também aponta que dormir com as lentes é outro erro comum e que deve ser evitado. “Além de diminuir a oxigenação corneana, ainda mantém a córnea por um grande período em contato com fungos e bactérias, podendo causar graves lesões, como por exemplo úlceras corneanas, que são bastante dolorosas”.

Em caso de infecção nos olhos, ele alerta que um profissional deve ser consultado com urgência, para avaliar o caso. “E, principalmente, evitar automedicação, pois há possibilidade de agravar a situação”, destaca.

Mais

Confira alguns cuidados diários que os usuários de lentes de contato devem estar atentos

1. Nunca dormir com as lentes de contato;

2. Colocar e retirar as lentes corretamente;

3. Lavar as mãos antes de tirar e colocar as lentes;

4. Fazer a limpeza regular com solução apropriada;

5. Limpar o estojo das lentes regularmente;

6. Evitar coçar os olhos, para reduzir o risco de infecções;

7. Respeitar a data de validade das lentes.