Aristides Pavani e Maristela Santana, pesquisadores do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI-NE), realizaram análises da qualidade da água com resultados em tempo real, assim como a batimetria da lagoa Parnamirim, no Eusébio, utilizando o protótipo do Barco Iracema (Instrumentos Robóticos Autônomos para Coleta E Monitoramento).

O barco é capaz de executar o sensoriamento científico, coleta de amostras e monitoramento da qualidade ambiental em tempo real. A tecnologia, “made in Ceará”, foi desenvolvida por meio da parceria entre o CTI-NE, Campus Nordeste e o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação (ITIC), além de outros parceiros como Unifor, Armtec, UFC, Funceme, Impa e UFP, com apoio do Governo do Estado.

Para a realização dos testes, a equipe contou com o apoio da BLD Brasil, que disponibilizou a lagoa Parnamirim, parte do loteamento Azur, que tem como um de seus propósitos ser um condomínio sustentável. 

(Com informações do O Estado)