Eliminado do BBB 21 nesta terça-feira (6), com 50,48% dos votos, o cantor sertanejo Rodolffo disse que achou justa a sua saída do reality após a repercussão da piada racista que fez em relação ao cabelo de João Luiz. À apresentadora Ana Maria Braga, durante sua participação no Mais Você na manhã de hoje (7), Rodolffo disse que pretende se aprofundar mais nas causas relacionadas ao racismo e negritude e voltou a pedir desculpas a João.

“Falha minha mesmo de não pesquisar. É obrigação de todo mundo, pretendo me aprofundar para ter mais conhecimento de forma rápida. Programa me ensinou muita coisa. Tive oportunidade de evolução. Quero ser um aponte para alavancar esse conhecimento”, disse.

O ex-brother também afirmou que não percebeu que o recado da cantora Ludmilla seria uma indireta para ele quando, durante um show dentro da casa, ela pediu respeito ao funk, à cor e ao cabelo das pessoas negras. “Não senti que aquele recado dela era para mim. Já tive comentários de pessoas que assistiram a minha reação e entenderam a minha ingenuidade. Estava curtindo o show e não percebi a indireta. Infelizmente”, comentou.

O cantor do hit “Batom de Cereja”, que explodiu de acessos nas mídias digitais, voltou a falar do pai, que também é negro, e disse que o tema nunca foi abordado em casa sob a ótica do racismo. “A leveza com a qual eles sempre levaram isso foi diferente. Felizmente meu pai nunca se sentiu incomodado com preconceito. Quando vi o João falei que era massa demais seu estilo e que meu pai era parecido. Sou fã do João”, comentou.