No ano do centenário da Semana de Arte Moderna, que ocorreu no Theatro Municipal de São Paulo em fevereiro de 1922, peça “Tarsila”, sobre a artista que é um dos grandes nomes do Modernismo, volta ao palco na Universidade de Fortaleza. Encenada pelo Grupo Mirante de Teatro Unifor, a montagem fica em cartaz de 13 a 15 de maio no Teatro Celina Queiroz. Os ingressos estão à venda no site sympla.com.br e custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

A pintora Tarsila do Amaral é uma das integrantes do “Grupo dos Cinco”, conjunto de artistas fundamentais para a realização da Semana de 1922.  Entre os artistas que estiveram presentes na manifestação artístico-cultural de um século atrás, podem ser destacados Anita Malfatti, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia e Oswald de Andrade, personalidades que completam o quinteto e que perpassam diversas áreas do mundo das artes, desde a pintura à literatura.

É para celebrar a vida da artista e comemorar os 100 anos da semana de 1922 que a peça está de volta. Com texto de Maria Adelaide Amaral, e direção de Hertenha Glauce, o espetáculo homônima traz à tona intimidades, anseios e aflições da artista que ficou conhecida como a musa do modernismo brasileiro.

Diante da plateia, Tarsila entra em cena, assim como Anita, Oswald e Mário, importantes personagens modernistas e seus grandes amigos. O espetáculo é uma viagem que atravessa as memórias da pintora modernista e de seus afetos mais próximos, revelando os rostos e personalidades para além de quadros e poesias. A peça coloca em evidência a relação entre essas personalidades, e como esse contato foi o fio condutor para esmiuçar acontecimentos importantes para a cultura do início do século XX.

Serviço

Espetáculo “Tarsila”
Quando: 13, 14 e 15 de maio
Horários: sexta e sábado (às 20h) e domingo (às 19h)
Onde: Teatro Celina Queiroz (Av. Washington Soares, 1321 – Edson Queiroz)
Ingressos: R$40,00 (inteira)/ R$ 20,00 (meia)
Venda: sympla.com.br