A atleta, médica e apresentadora de televisão Karina Oliani, de 38 anos, acabou de se tornar a primeira sul-americana a voar com uma mochila a jato (“jet suit”, em inglês). “Parece coisa de ficção científica, é como se o futuro tivesse chegado”, diz a atleta, que é patrocinada pela Hapvida.

A engenhoca é feita com cinco turbinas acopladas ao corpo (uma maior nas costas e duas menores em cada braço) que chega a 60 km/h, pesa 27 kg (sem o combustível) e tem autonomia de cerca de 10 minutos de voo. “Parece fácil, mas você está com um equipamento de 27 quilos vestido nas suas costas, 6 quilos em cada braço. É bem dificil”, completa.

A matéria na íntegra da aventura do voo de Karina Oliani foi ao ar neste domingo (9), no Esporte Espetacular (Globo).