Muitas vezes esquecidos, os pés são uma parte fundamental do nosso corpo e também precisam de cuidados diários para seguirem saudáveis. Confira dicas que devem entrar na sua rotina

Naara Vale
naaravale@ootimista.com.br

Em um ano comum de Carnaval, a uma altura dessas, seus pés já estariam pedindo socorro. É na quarta-feira de cinzas, quando o corpo para, que eles dão sinais de que precisam de cuidados e muito repouso. Mas não é só quando tem folia que os nossos pés necessitam de atenção. São eles que carregam toda a carga do nosso corpo, e qualquer probleminha – desde uma simples unha encravada a dores articulares por sapatos inadequados – pode causar incômodos e até comprometer a nossa caminhada.

Além das lesões decorrentes das características naturais dos pés, como o tipo de pisada ou deformações ósseas, as quais precisam de acompanhamento médico especializado, há outros problemas relacionados à saúde dos pés que podem ser evitados com cuidados diários ou através dos serviços de podologia. Os mais comuns são as unhas encravadas, calosidades, rachaduras (fissuras), micoses, excesso de pele e o temido chulé. Confira as dicas de cuidados simples que podem livrar você desses incômodos.

1- Higiene dos pés:

Aproveite a hora do banho para lavar os pés com água e um sabonete hidratante para evitar ressecamento, esfregando bem entre os dedos. Essa é a melhor forma de evitar chulé, frieiras e micoses. Após a limpeza, é importantíssimo enxugar bem os pés, mais uma vez com atenção entre os dedos, para evitar umidade e a proliferação de fungos. “Esse momento é importante também para tentar identificar se tem algo de anormal, como micoses ou unhas encravadas”, observa a podóloga do salão Mulher Cheirosa, Renata da Silva Monte.

2- Corte, limpeza e cuidado com as unhas

Mais do que estética, manter as unhas sempre bem cortadas e limpas vai afastar a possibilidade de lesões e unhas encravadas. O corte, entretanto, não pode ser de qualquer jeito. “O corte irá depender da formação da unha, mas sempre indico um corte reto e com boleamento nas pontas para evitar uma possível unha encravada”, recomenda Renata Monte. Importante também deixar as unhas sem esmaltes ou base por alguns dias para que possam respirar. Por fim, mantenha tesouras e alicates limpos e não os compartilhe com outras pessoas.

3- Hidratante para os pés

O principal motivo para o aparecimento de rachaduras nos pés é o ressecamento, principalmente nos calcanhares. De acordo com a pedicure e especialista em reflexologia da Casa Linda Flor, Valderez Felipe, “é de extrema importância manter a região hidratada com produtos específicos”, os quais podem ser encontrados em clínicas especializadas, farmácias ou lojas de produtos de beleza. A especialista recomenda passar o hidratante após o banho e, de preferência, antes de dormir, quando o produto passará mais tempo fazendo efeito.

4 – Esfoliação

Além de hidratar, é recomendado fazer a esfoliação dos pés uma vez por semana para retirar as células mortas. O ideal é evitar o uso de lixas grossas e optar por produtos mais delicados que não irão agredir o pé.

5- Escolha dos calçados

Segundo a podóloga Renata Monte, a escolha dos calçados está diretamente relacionada à saúde dos pés, pois o uso inadequado deles pode causar deformidades como o esporão de calcâneo (galo), unhas encravadas e pé de atleta, além de deformidades nos dedos pelo uso de sapato apertado ou que impede a mobilidade do pé dentro dele. “Recomendo sapatos que lhe traga conforto e segurança. E também manter os calçados sempre limpos e fazer a troca diária das meias para evitar o chulé”, indica a especialista.