Com todas as recomendações de isolamento social, algumas marcas mudaram seus logotipos para reforçar as indicações dos profissionais da saúde para evitar a disseminação do novo coronavírus.

O McDonald’s separou seus famosos arcos dourados que juntos formavam o “M” da marca. E o Mercado Livre trocou seu aperto de mão para um toque de cotovelos.

A rede de fast-food iniciou, nesta quinta-feira (19), uma ação que irá comunicar todas as alterações no funcionamento das lojas, que passam a priorizar o drive-thru, e que serão simbolizadas por um novo logo: os arcos dourados divididos ao meio.

McDonald's
McDonald’s

Já o marketplace apresentou sua nova campanha com o mote “Juntos. De mãos dadas, ou não”. A ação também busca alertar as pessoas sobre o consumo responsável e criou uma página dentro do seu site, que reúne produtos de higiene e um painel com as principais dúvidas dos consumidores do que fazer ao receber uma entrega.

Mercado Livre
Mercado Livre

A rede Giraffas também separou suas mascotes. Antes, as duas ocupavam o mesmo círculo. Agora, cada uma tem um espaço pra chamar de seu.

Giraffas
Giraffas

Além dessas intervenções, mudanças criativas surgiram pela internet. Jure Tovrljan, diretor criativo da Eslovênia, reformulou os logotipos de marcas famosas para torná-los mais relevantes para a era do novo coronavírus.

Logos Do Corona
Logotipos de Jure Tovrljan

Os círculos Mastercard e os anéis da Olimpíada agora mantêm distâncias seguras entre si; sob o logo da Nike, aparece a frase “Agora não faça isso”; a sereia do Starbucks usa uma máscara protetora; a silhueta de Jerry West no logotipo da NBA agora está à frente de um laptop; a Goodyear se tornou Bad Year, em alusão ao “ano ruim” que estamos vivendo; o LinkedIn agora é “LinkedOut”; e no logo da Corona Extra agora lê-se “Precisa de um novo nome”.