InícioTapis RougeMangostin, do Hotel Gran Marquise, reabre em março com proposta de fundir...

Mangostin, do Hotel Gran Marquise, reabre em março com proposta de fundir cozinhas de vários países

Após quase três meses de obras, o Hotel Gran Marquise abrirá as portas do repaginado restaurante Mangostin no próximo dia 24 de março. O espaço gastronômico chega, agora, sendo comandado por Marcelo Fugita, Racine Mourão, Marcelo Serrano e Raimundo Castro.

Foram R$ 1,8 milhão investidos na atualização do espaço gastronômico, inclusive, com a construção de uma cozinha completamente renovada. Responsável por quase toda a remodelação do 5 estrelas do Grupo Marquise, o arquiteto Racine Mourão, vibra ao falar do projeto asiático. “O novo Mangostin, com suas pedras brutas, sua madeira fluída, suas pinturas naturais e seus tons ocres e terracota, tem uma capacidade sensorial de nos conduzir entre um Oriente aconchegante e atraente, ao passo que também mergulha em nossa ancestralidade local. Uma fusão provocadoramente artística”, projeta.

Racine também comenta sobre o ganho territorial dentro do mesmo espaço histórico, que saltou sua capacidade de 48 para 80 lugares. Concebido no ano de 2008 com um propósito de fundir as cozinhas da China, Coreia, Tailândia e Japão, o Mangostin reabre com uma profunda modificação no menu oferecido por esses 4 países.

Sob a consultoria do chef Marcelo Fugita, o espaço gastronômico recebe uma completa atualização do que está em voga em grandes centros urbanos como Nova Iorque, Tóquio e São Paulo. Com 33 anos de experiência na gastronomia asiática, Fugita destaca a mudança do Mangostin de forma taxativa. “É como se você conhecesse esses países e voltasse 15 anos depois. Tudo estará completamente avançado, modernizado e diferente”, observa.

“Os ingredientes europeus como lascas de trufa e foie gras estão fortalecidos nos grandes centros de gastronomia asiática mundo afora. O conceito tem esse mote, aliado ao tradicionalismo e o que os sabores locais podem oferecer. Uma explosão sensorial. Também destaco a engenhosidade e beleza estética das apresentações. Uma sensação literal de comer com os olhos”, detalha Jugita.

O hotel também contratou o mixologista e criador do “Moscow Mule”, Marcelo Serrano, para criar e treinar os profissionais do restaurante na nova carta de drinks oferecida. “Os drinks oferecidos pelo novo Mangostin serão marcados pelo equilíbrio entre sabores orientais e a refrescância. Antecipo aqui como sugestão o maravilhoso Moscow Mule com espuma de gengibre, um ingrediente de consagrada utilização pela população asiática”, sugere.

Serviço

Reabertura do restaurante Mangostin

Quando: dia 24 de março de 2023

Mediante reservas através do telefone (whatsapp) – 4006.5000

Instagram do restaurante – @restaurantemangostin

 

RELACIONADOS

PUBLICIDADE

POPULARES