O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, determinou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O magistrado aceitou pedido da defesa, feito após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão em segunda instância. Condenado em segunda instância, mas sem trânsito em julgado, o petista é um dos beneficiados pela decisão do STF.

Lula ficou preso por um ano e sete meses na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba pelo caso do Triplex. Agora, a oito anos e dez meses da conclusão da pena, ele ganha o direito de recorrer em liberdade.