O presidente do Conselho de Administração do Grupo Edson Queiroz, Igor Queiroz Barroso, e o atual presidente executivo, Abelardo Rocha, anunciaram, nesta segunda (26), a conclusão do processo de transição familiar para uma gestão executiva totalmente externa.

O escolhido para comandar um dos maiores conglomerados empresariais do país é Carlos Henrique Stella Rotella, ex-Votorantim Siderurgia. Abelardo Rocha iniciará uma transição administrativa no dia 3 de novembro que culminará com a assunção do cargo por parte do novo presidente, em definitivo, no dia 01 de Janeiro de 2021.

“Nos últimos anos trabalhamos na Governança Corporativa do Grupo Edson Queiroz de diversas formas. Desde de uma nova composição do Conselho de Administração até práticas voltadas à gestão por resultados com a brilhante liderança do presidente Abelardo Rocha. Agora estamos prontos para esta etapa final, que é a vinda de um presidente não-familiar e com bastante experiência”, afirma Igor Queiroz Barroso.

Abelardo Rocha, atual presidente, deixa um legado de ampliação da estrutura profissional da companhia, com renovação de quadros, sistemáticas de gestão por resultados e aquisições de novos negócios, iniciativas que tornaram a companhia e seus negócios ainda mais sustentáveis.

Em um período de pouco mais de 04 anos a frente do Grupo Edson Queiroz, Abelardo Rocha foi responsável pelas aquisições da divisão de águas minerais da Nestlé Waters, em 2018; e da oferta para aquisição de parte da Liquigás, ao lado de um grupo ofertante, a qual espera aprovação definitiva no Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE. Em 2019, o Grupo Edson Queiroz teve o melhor resultado dos últimos 20 anos.

“Temos a crença de que o Grupo Edson Queiroz tem grande relevância no contexto econômico nacional. Após o falecimento da nossa fundadora, Yolanda Queiroz e do ex-presidente Airton Queiroz, fizemos o exercício de manter o legado de forma ética, implantando uma gestão de alta performance que culmina agora numa transição tranquila e segura para a companhia. Me sinto satisfeito com o trabalho realizado e com a ciência de que a missão foi cumprida”, conclui Abelardo Rocha.

Sobre Carlos Rotella

O novo presidente do Grupo Edson Queiroz tem 56 anos, é engenheiro, e possui mais de 30 anos de carreira em grandes empresas nacionais e multinacionais. O último cargo que ocupou foi o de CEO da Votorantim Siderurgia como responsável pelas operações na América Latina, com plantas no Brasil, Argentina e Colômbia.