Após pedidos dos fãs, a cantora Gal Costa se rende ao formato dos shows online a comemora seus 75 anos de idade e 55 de carreira com uma live neste sábado (26), às 22h. O show Gal 75 promete um passeio pelos sucessos da cantora 

Naara Vale
naaravale@ootimista.com.br

Ela tem uma das vozes mais sublimes da música popular brasileira. Ouvi-la é um alento na alma, um quentinho no coração que chega num canto agudo e doce ao mesmo tempo. Mas pode também ser o prenúncio de um carnaval cheio de suor e cerveja ou de um manifesto político. Gal Costa tem voz, energia e repertório para qualquer momento da vida.

Uma pequena mostra dessa riqueza musical vai ser dada de presente aos fãs na noite deste sábado (26), quando a cantora comemora seus 75 anos de idade com uma grande live. O show começa às 22h e será transmitido pelo TNT e pelo canal do Youtube da TNT.

Assim como seus companheiros musicais Caetano Veloso e Gilberto Gil, que celebraram a nova idade nestes novos tempos com uma live, Gal Costa se rendeu ao formato de show online depois de uma grande campanha iniciada pelos fãs há mais de um mês. A hashtag #LiveGal75 rodou a internet até que no comecinho de setembro a cantora anunciou a sua primeira live, batizada de GAL 75.

Desde o início do mês o perfil @galcosta no Instagram vem fazendo uma retrospectiva dos 40 anos álbuns lançados ao longo da carreira da baiana como forma de aquecimento para a live. Embora a produção não tenha divulgado oficialmente setlist completo do show, Gal antecipou que cantará “Creio”, canção de Lulu Santos gravada por ela no disco “Lua de Mel”.

Em entrevista à Veja Rio, o diretor musical do show, Marcus Preto, disse que o repertório vai dar um destaque aos grandes hits, fazendo um passeio pelos 55 anos de carreira da cantora. Segundo ele, no setlist entrarão canções desde a Tropicália até as mais recentes, com inserções também de músicas do lado B de Gal e outras inéditas na voz da diva. O show terá cerca de 1h30 de duração, com o acompanhamento dos músicos Pedro Sá, no violão, e Chicão, no teclado.

Expectativa

Para os fãs, o momento é de pura expectativa. “A gente está bem ansioso. É um momento histórico na carreira de Gal. A live foi um pedido coletivo dos fãs clubes por entendermos que Gal é a essa mulher de mente jovem, que está sempre à frente do seu tempo”, conta o artista plástico e professor Isaías Medeiros, um dos criadores do fã-clube Gal Plural (@galplural).

Aos 26 anos, ele acompanha a carreira de Gal desde 2010 e fala que é a ousadia da baiana que chama a sua atenção. “A ousadia dela em todos os sentidos: tanto na questão musical quanto estética. Os discos da Gal não envelheceram, são discos de décadas anteriores que falam muito do que vivemos até hoje”, destaca o fã.

O jornalista Renato Contente, autor do livro “Não se assuste pessoa: as personas políticas de Gal Costa e Elis Regina na ditadura brasileira” (previsto para ser lançado em 2021), também está na espera por uma live de Gal desde que viu grandes nomes da MPB se render ao formato.

Ele aposta numa produção refinada, resgatando os 55 anos da carreira da cantora. “Acho que vai ser um evento único. A live da Gal acabou ganhando um contorno conceitual, ela ser gravada na Casa de Francisca, uma casa de shows pequena em São Paulo, mas que recebe grandes artistas, e vai ser filmada pela Lais Boldansky. Então, não vai ser uma gravação aleatória, vai ser uma live toda com concepção cinematográfica”, diz Renato.