A reabertura gradual dos cinemas em 2021 salvou o saldo do setor no Brasil. Em relação a 2020, a renda com bilheterias aumentou 34,8%. No ano passado, os cinemas brasileiros arrecadaram quase R$ 840 milhões. Os dados foram levantados pela Agência Nacional do Cinema (Ancine).

A recuperação, contudo, só aconteceu para filmes internacionais. Para títulos brasileiros, público e receita diminuírem mais de 90% no ano passado, mesmo com mais lançamentos em cartaz. Em 2020, 189 filmes tiveram 9 milhões de espectadores e R$ 142 milhões de renda. Já em 2021, 209 filmes tiveram 700 mil espectadores e R$ 11 milhões de renda.

Com os títulos internacionais, a conta foi inversa: menos filmes entraram em cartaz no País, mas eles captaram muito mais dinheiro e público. Em 2020 foram 466 filmes, que somaram 29,6 milhões de espectadores e e R$ 480 milhões de renda. Já em 2021, com mais de 100 filmes a menos, 47,7 milhões de pessoas foram ao cinema, rendendo R$ 828 milhões.