Exclusivo para participantes acima dos 60 anos, o The Voice+ vai ao ar neste domingo (17), na Globo. A nova edição marca a estreia da cantora Ludmilla no reality e o retorno de Daniel ao time de jurados, que contará ainda com Cláudia Leitte e Mumuzinho 

Naara Vale
naaravale@ootimista.com.br

Depois de 10 anos emocionando o público com vozes de jovens e crianças de todo o Brasil, o The Voice ganha uma nova edição, desta vez, em um formato dedicado, exclusivamente, a talentos com mais de 60 anos. É o The Voice+, que estreia neste domingo (17), na Rede Globo.

Além de dar visibilidade a vozes ainda desconhecidas para o grande público, a nova versão pretende destacar as histórias de vida dos participantes como forma de inspirar, bem na pegada do “os sonhos não envelhecem”. “O que mais queremos é ser um palco para quem ainda tem sonhos e muita energia. Essa é a principal força do nosso The Voice + e desses artistas que escolheram a gente. É uma missão bonita, uma mensagem importante a passar para quem está vivendo o aqui e o agora. E essa troca entre gerações, entre técnicos e vozes, é uma das coisas mais valiosas que temos”, declarou o diretor artístico Creso Eduardo Macedo, que atuou em todas as edições do The Voice, desde que o reality chegou ao Brasil em 2012.

Outra novidade da nova versão do reality é a estreia da cantora Ludmilla na competição. Em entrevista coletiva virtual à imprensa, a cantora falou da emoção que sentiu logo nas primeiras gravações do programa.Quando comecei a escutar a primeira voz, comecei a conectar a minha alma de música com aquela voz e pensei: tenho que bater para quem eu realmente acredito. Aí, quando a galera começou a cantar, comecei a bater pra todos (risos). A galera que está lá é muito talentosa. Quando a gente bate o botão e vira, dá gosto de ver a felicidade deles”, disse a funkeira.

O “The Voice+” marca ainda o retorno do cantor Daniel à equipe de jurados, que conta ainda com a veterana Cláudia Leitte e o cantor Mumuzinho. O palco do reality será comandado pelo apresentador André Marques, que já apresenta a versão kids do programa, e as conversas nos bastidores ficarão a cargo de Thalita Rebouças. A direção geral é de Angélica Campos.

Formato

O reality terá cinco etapas: as “Audições às cegas”, “Tira-teima”, “Top dos Tops”, “Semifinal” e “Final”. O programa começa com 48 candidatos aprovados nas audições às cegas – 12 em cada time – e termina com um vencedor, que ganhará o prêmio de R$250 mil e um contrato com a gravadora Universal Music.

Conheça as fases do The Voice+:

1ª – Audições às cegas: Os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela voz. Se os técnicos gostarem, viram suas cadeiras e o candidato pode escolher em qual time quer entrar se mais de um técnico virar. No total, serão 48 vozes aprovadas, 12 em cada time.

2ª – Tira-teima: Cada candidato se apresenta individualmente e os técnicos escolhem oito vozes do seu time para continuar na competição.

3ª – Top dos Tops: Nesta fase, dos oito que permanecem em cada time, somente quatro serão escolhidos pelo técnico para seguir para a “semifinal”.

4ª – Semifinal: A fase começa com 16 candidatos ao todo, quatro em cada time. Cada técnico vai escolher duas vozes do seu time para disputar a grande final.

5ª – Final: Os finalistas se apresentam individualmente e o público vota para eleger o vencedor.

Serviço:
The Voice+
Estreia: domingo (17), na Globo, após o programa “Temperatura Máxima”.
Reexibição: às segundas, às 20h30, no Multishow. Disponível também no Globoplay.