Especialistas consultados pelo O Otimista recomendam equilíbrio, prática de atividades físicas e muita ingestão de líquido para evitar ganho de peso no período  festivo e manter o shape para a estação mais desejada do ano

Danielber Noronha
danielber@ootimista.com.br

Com o mês de dezembro batendo à porta, já começam as movimentações das tradicionais “confras” de fim de ano. Tem a dos colegas de trabalho, dos amigos de faculdade, dos familiares e uma infinidade de outros núcleos, tudo regado à muita comida e bebida. Para passar pelas tentações sem ganhar alguns quilinhos indesejados, já projetando o verão e o período de Carnaval, especialistas chamam atenção para a necessidade de evitar excessos durante os encontros, além de seguir com a rotina de exercícios físicos no dia em que for possível.

A nutricionista Thais Ferreira aponta que o ambiente familiar, durante as celebrações de Natal e Réveillon, é propício para muita gente acabar enfiando o pé na jaca. “É importante ter equilíbrio, ir nos pratos que mais gosta, sem necessariamente comer tudo que está à disposição. Se gosta muito da sobremesa, maneira nas outras coisas para aproveitar melhor aquele prato preferido que pode ter uma memória afetiva”, direciona.

Nessas horas, endossa, não tem dieta milagrosa que dê jeito. O importante, acrescenta a também pós-graduada em Nutrição Esportiva, é saber fazer escolhas e não exagerar. “Não existe dieta ideal, existe aquela que se adequa à sua rotina. Evite comer de uma forma como se fosse o último dia da sua vida. Projeta que terão outros momentos em família e amigos com comidas igualmente gostosas”, indica Thais. Outra dica, desta vez dada pelo profissional de educação física, Luiz Lô Caracas, é comer na hora certa. “Isso evita comer tudo de uma vez no almoço ou no jantar”, explica.

Rotina de treinos 

Segundo ele, já é perceptível um crescimento no número de clientes. “Final de ano e Carnaval sempre têm esse aumento. Muitos querem recuperar o tempo perdido ou acham que vão conseguir entrar em forma em um mês.” Porém, existem alguns treinos capazes de atenuar os efeitos das extravagâncias. “Para que seu corpo não sofra tanto com esse impacto, que será uma  ingestão de bomba calórica, comece a intensificar mais os treinos, usando exercícios multiarticulares, procurar fazer mais cárdio, corridas intervaladas ou HIIT [High-intensity interval training ou treino intervalado de alta intensidade]. Com isso, conseguirá acelerar o metabolismo, e, logo após as festas, perder o que ganhou de forma mais rápida, além de manter uma vida saudável e ativa”, detalha Caracas.

Também neste sentido, Thais pontua que algumas pessoas chegam a ganhar 4kg somente neste período. “Não é porque exagerou um pouquinho em uma festa, que se deve ‘chutar o balde’ pelo resto do mês e retornar somente no mês seguinte. Se passou do limite hoje, continua as atividades no dia seguinte e busca esse equilíbrio”, aconselha a nutricionista.

Em consonância, profissionais ressaltam a importância de ingerir muita água em meio à agenda das confraternizações. “O ideal é beber água antes, durante e depois de se alimentar. A recomendação é de 35ml por quilo de peso. Com base nisso, já dá para fazer o próprio cálculo de ingestão de água necessária ao dia”, detalha Thais. Além disso, destacam o papel primordial de manter o sono regrado sempre que possível. “Estudos mostram que um sono irregular dificulta a perda de peso, a pessoa fica enjoada, ansiosa e acaba descontando tudo na comida”, completa a especialista em Nutrição Esportiva.