A Secretaria de Cultura e Turismo de Caucaia esteve reunida com o IMAC, ONG Winds for Future, representantes da Semace e o titular da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Artur Bruno, para firmarem um Termo de Cooperação para aquisição do prêmio Bandeira Azul.

A certificação voluntária é concedida a praias, marinas e embarcações de turismo. Para se qualificar, o município deve atingir uma série de critérios com foco em gestão ambiental, qualidade da água, educação ambiental, segurança, serviços, turismo sustentável e responsabilidade social, que devem ser mantidos e comprovados anualmente.

Para a secretária de turismo e cultura de Caucaia, Yrwana Albuquerque, a inscrição no prêmio busca demonstrar que Cumbuco, “além de reconhecida mundialmente pela sua beleza, tem potencial para se tornar uma referência em gestão ambiental com ações ecologicamente corretas”.

Atualmente, apenas 18 praias brasileiras têm o título. Duas delas na Bahia, as únicas do Nordeste.