Com o retorno das atividades em andamento, sair de casa se tornará cada vez mais frequente. A professora universitária Dalila Augusto Peres dá dicas que podem ajudar a diminuir a possibilidade de contágio pelo novo coronavírus durante o deslocamento

Emanuel Furtado
emanuelfurtado@ootimista.com.br

Higienização das mãos, utilização da máscara, proteção no trabalho, proteção no transporte individual ou coletivo. Não é porque o governo estadual abriu espaço, baseado em dados de internação e mortes por conta da covid-19, de acordo com seu planejamento, que você precisa relaxar. Ainda vivemos uma pandemia. Os cuidados permanecem necessários e são fundamentais para o controle da doença, que já matou mais de 50 mil brasileiros, segundo dados oficiais.

“O plano de retomada no Estado do Ceará prevê a volta dos setores em quatro fases. Uma série de cuidados são necessários para prevenir o avanço da doença e evitar o aumento do número de infectados”, destaca a professora universitária Dalila Augusto Peres. De acordo com ela, que também é enfermeira infectologista, “no transporte individual, ao entrar ou sair, limpe todas as superfícies que você toca com as mãos: maçaneta, volante, marcha, freio de mão, painel, cinto de segurança, chaves, dentre outros.

Quanto ao transporte coletivo, ele orienta sentar perto da, além de tentar manter distância de, pelo menos, mais de um metro das outras pessoas. “Evite tocar no rosto; Ao tossir ou espirrar, utilize a parte de dentro do cotovelo. Use álcool em gel ao descer e, assim que possível, lave bem as mãos com sabão”, explica ela, que é mestre em Saúde Pública. “Dê preferência pelo uso de vale eletrônico”, acrescenta, sobre o contato com cédulas e moedas.

De acordo com Dalila, ao sair de casa para o trabalho é importante levar apenas o essencial. “Sua bolsa ou mochila deve ser feita de uma superfície de fácil higiene, possibilitando a higienização sem danificação. Leve sempre com você álcool em gel, sabonete e uma máscara de reserva na bolsa ou mochila, mantendo-a protegida, destaca ela.

Ela avalia que ao chegar e casa, continua sendo importante deixar os sapatos do lado de fora. ”Procure colocar a bolsa ou a mochila, o celular e as chaves em uma mesa e higienize-os com álcool 70% ou com solução de água sanitária. Esse local deve ser preparado antes de você sair de casa. Será considerado zona suja, pois você deixará nele todos os objetos que foram usados na rua, os quais têm uma grande probabilidade de estarem contaminados”, explica ela.

“Esse local pode ser em uma área ou atrás da porta de entrada. Após deixar esses itens neste local, deve-se ir direto para o banho. Prefira o uso de sabonete líquido, lave sempre os cabelos. Lave as roupas utilizadas”, acrescenta a professora.

Dicas práticas

– No transporte individual, limpe todas as superfícies que você toca com as mãos.

– No transporte público, procure sempre sentar na janela e manter o distanciamento. Dê preferência ao vale eletrônico. Use álcool em gel quando descer do veículo e lave as mãos assim que possível.

– Ao sair de casa, leve apenas o essencial, além de uma máscara reserva, que deve estar protegida.

– Ao chegar em casa, procure deixar os sapatos em uma área externa. Higienize bolsas e mochilas e tome um banho, lavando sempre os cabelos.

– Reserve um espaço em casa para acomodar os itens que você leva consigo para a rua e procure deixá-lo sempre higienizado.