“A importância do auxílio emergencial para a economia do Ceará” será tema de live do Conselho Regional de Economia (Corecon-CE). A transmissão ocorrerá nesta terça-feira (23/02), a partir das 18h, no canal oficial do Instagram (@coreconceara). Só em 2020, o auxílio emergencial beneficiou 3,4 milhões de cearenses.

À frente do debate estará a vice-presidente do Conselho, Silvana Parente. O convidado é o professor de economia da Universidade Federal do Ceará (UFC) e diretor do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), João Mário de França.

Trata-se do assunto mais importante da pauta econômica do país neste momento, onde movimentou ano passado  quase R$15 bilhões na economia cearense, o que evitou a queda maior ainda da atividade econômica do Estado.  É fundamental que a sociedade cearense tenha em conta a necessidade de, na ausência de um programa de renda mínima mais estruturado, que era para ter sido feito pelo Governo Federal desde o ano passado, nos resta lutar pela prorrogação do auxílio emergencial”, destacou Silvana Parente.

Atualmente, no Ceará, existem 502 mil pessoas desempregadas, 341 mil subocupadas e 460 mil desalentados que desistiram de procurar emprego. Além disso, quase 1 milhão de cearenses trabalham por conta própria, sendo 85% deles informais.