Misturando números clássicos e tecnologia, Circo Maximus estreia temporada hoje em Fortaleza. Ao O Otimista, o diretor da atração, Lucian Regis, adianta como serão as apresentações

Danielber Noronha 

danielber@ootimista.com.br

Um picadeiro cheio de palhaços, malabares, trapézios, ilusionismo e uma missão: resgatar o riso em tempos difíceis através da magia do circo. Assim, o Circo Maximus estende sua lona hoje, às 20 horas, em Fortaleza, sendo uma boa pedida para dar um up nas férias escolares da criançada (e também, por que não?, para os adultos que ainda guardam o “moleque morando sempre em seus corações”, como canta Milton Nascimento, na célebre canção). Com mais de 20 anos de atividades no picadeiro, a trupe paranaense, que chega pela primeira vez à Capital do Ceará, sentou praça na avenida Washington Soares, em frente à Tok Stok, e é por lá que apresentará seus espetáculos em terras alencarinas.

Os ingressos podem ser adquiridos virtualmente ou na bilheteria do espaço, a partir das 18 horas, entre terça e sexta, e a partir das 11 horas aos sábados, domingos e feriados. Para estes dias, além do espetáculo às 20 horas, tem também às 16 horas e às 18 horas. Os valores dos tickets variam entre R$ 20 e R$ 100.

Recordações

Para Lucian Regis, diretor do empreendimento, o circo se tornou uma opção de respiro frente às adversidades provocadas pelo período pandêmico. “A gente tem sido muito bem recebido nas cidades por onde passa. A arte, e aqui incluo o circo, é alegria. A arte circense é família, infância, traz boas recordações. Depois de anos tão difíceis, vejo como uma válvula de escape para voltarmos a sorrir e nos divertir”, defende.

Programação

A atração conta com espetáculos com palhaços, malabaristas, equilibristas, contorcionistas e um globo da morte com cinco motoqueiros. “Teremos também o pêndulo especial, atração mais perigosa que o Globo da Morte e que deve surpreender muita gente”, adianta Regis.

Outro diferencial são os números criativos, caracterizando apresentações que estimulam o lúdico, a imaginação e a fantasia, especialmente nas crianças. Cada apresentação dura em média 1h e 40min.

Ainda na programação, apresentações que misturam a tradição circense com tecnologias. Cada espetáculo traz uma surpresa, onde a trupe promete apresentar o que há de mais moderno em efeitos visuais para as apresentações ao vivo. “O público pode esperar muita alegria, entusiasmo e energia. Procuramos trazer o que há de melhor em iluminação, sons e efeitos para que o público se encante com nosso espetáculo”, reforça o diretor.

No quesito estrutura, o Circo Maximus conta com bonecos de fibra onde a criançada poderá se divertir tirando fotos para guardar de recordação. Uma praça de alimentação está disponível com acomodações e comidas tradicionais como “maçã do amor”, churros, pipoca, cachorro-quente e muito mais.

O circo garante que seguirá todos os protocolos de segurança, aferindo a temperatura na entrada e disponibilizando álcool gel nas dependências. Só será permitida a entrada no espaço com uso de máscaras.

Serviço

Circo Maximus em Fortaleza

A partir de hoje (14), na avenida Washington Soares, em frente à Tok Stok

Horário: de terça a sexta, às 20h; sábados e domingos, às 16h, 18h e 20h

Ingressos: Bilheteria do Circo ou pelo site

Estacionamento: R$ 10

Mais informações: @circomaximus_oficial