O novo decreto estadual autoriza retorno às aulas presenciais no ensino médio nas escolas (públicas e privadas), libera funcionamento de bibliotecas, museus e cinemas, informou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT). O documento, que passa valer na segunda-feira, 14, amplia o percentual de ocupação de igrejas, templos religiosos e academias.

O decreto também versa sobre a liberação de espaços públicos para atividades esportivas (areninhas). Todos os locais devem seguir protocolos sanitários estabelecidos. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 11, pelo governador e o secretário da Secretaria da Saúde (Sesa), Dr. Cabeto, em transmissão nas redes sociais. As restrições seguem na região do Cariri.

O toque de recolher no estado segue mantido de 23 horas às 5 da manhã. Mais detalhes sobre as novas liberações serão consultadas em publicação no Diário Oficial do Estado (DOE). “No Ceará há uma queda no número de casos, óbitos e a transmissão da doença está estável. Preocupação ainda com a região no Cariri”, disse o governador.

Mais cedo, o gestor adiantou que as novas medidas seriam detalhados ainda nesta sexta. Ele esteve em reunião com o comitê que delibera sobre decreto estadual de enfrentamento à Covid. “Avaliamos os cenários da pandemia no Ceará e a vacinação em todo o estado. Ainda hoje devo anunciar as medidas do próximo decreto, que passa a vigorar a partir de segunda-feira (14)”, postou o petista nas redes sociais.

“Muita prudência aos cearenses. Não era de baixar a guarda. Nós temos aumento de casos de covid em outras regiões do Brasil”, ponderou Cabeto. O secretário pontuou sobre a importância de seguir as recomendações de entidades sanitárias para o enfrentamento à covid-19. “A pandemia não acabou. Continuem usando máscaras”, orientou. O posicionamento do titular da pasta vai na contramão das recomendações do presidente Bolsonaro. Na última quinta-feira, 10, o chefe do Executivo disse que estava preparando um “parecer visando desobrigar” o uso de máscara por pessoas imunizadas ou que já haviam sido infectadas pelo coronavírus junto ao Ministério da Saúde.

Vacina russa

Na última sexta-feira, 4, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, com restrições, calendário de importação e distribuição da Sputnik V ao Ceará e a outros estados do Ceará. A reunião entre os governadores do Nordeste e o Fundo Soberano Russo estava agendada para última quinta-feira, 10. A reunião foi adiada e deve acontecer na próxima semana, disse o governador cearense. “Teremos reunião com o fundo russo na próxima semana”, adiantou Camilo.

Na live desta sexta, o gestor também destacou investimentos na saúde. Atualmente, o Ceará possui 5.205 leitos hospitalares para o tratamento da covid-19. “São estruturas que vão permanecer mesmo após o fim da pandemia”, frisou Santana.

Último decreto

O último decreto estadual tem validade até domingo, 13. O documento autoriza a ampliação do horário de funcionamento de shoppings e restaurantes até 22h. A medida não foi válida para a região do Cariri, que seguiu com mais restrições das atividades não essenciais. No último anúncio sobre as medidas, Camilo havia adiantado sobre a autorização dos eventos corporativos, “mas com limitação de público e com protocolos”. A informação foi partilhada na semana passada.

O documento também ampliou para 30% capacidade permitida de funcionamento dos parques aquáticos de hotéis no Ceará. A ampliação da ocupação é válida para as empresas localizadas nas regiões de saúde de Fortaleza, Norte, do Sertão Central e do Litoral Leste/Jaguaribe. (Por Redação O Otimista)