O encontro mensal do grupo de líderes empresariais Lide de novembro contou com talk com a diretora geral dos hotéis Belmond (Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, e Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu), Andréa Natal. Antes do bate-papo, houve uma visita guiada ao Museu da Fotografia, que hospedou o encontro nesta quarta-feira, 13. O fundador do museu e diretor de Turismo do Lide Ceará, Sílvio Frota, e a presidente do grupo, Emília Buarque, comandaram a visita.

Durante a conversa, Andréa apresentou a história do Copacabana Palace, um dos principais ícones da hotelaria no mundo. Em seguida, detalhou a experiência da requalificação do espaço, as ações para ampliar a relação do hotel com o bairro e com a cidade e a estratégia de ampliar eventos e a gastronomia do Copa, responsáveis por cerca de metade do faturamento.

A executiva, que tem no currículo várias experiências em hotelaria de alto padrão ao redor do mundo, observou que o Ceará possui um potencial ainda pouco explorado. “Apesar de ser mais recente que a hotelaria do eixo Rio-São Paulo, o setor no Ceará tem um potencial muito grande a ser explorado, principalmente com a ampliação dos voos internacionais. E a própria capital tem muito mais que praia a oferecer. É preciso estruturar e divulgar as possibilidades de Fortaleza”.

Andréa referia-se principalmente aos atrativos culturais da cidade. Antes do talk, ela visitou o Espaço Cultural Unifor, da Fundação Edson Queiroz, instituição que ela avalia como um “atrativo essencial”. “Eu fiquei encantada com a qualidade e a curadoria tanto da Fundação quanto do Museu da Fotografia. São espaços que precisam fazer parte do circuito de visitação da cidade”, pondera.

A passagem de Andréa Natal por Fortaleza contou ainda com uma recepção dos membros do Lide na residência do casal Jaqueline e Tales de Sá Cavalcante. Além das histórias lendárias do Copa, também entraram na pauta do grupo ações do projeto Portinari e outras ações relacionadas à cultura.

Fotos: Iratuã Freitas