Confira os melhores momentos em vídeo e a íntegra da entrevista no texto abaixo:

 

Com 57 anos de história no mercado automotivo do Ceará e representante de seis marcas, as Agências Peixoto acabam de inaugurar mais uma loja, a Triumph Fortaleza, que traz as lendárias motos inglesas.

Fundada em 1902, os modelos Triumph são os queridinhos de vários astros do cinema, da música e, claro, dos nobres britânicos, inclusive o Principe William. No Brasil, custam entre R$ 35 mil e R$ 90 mil.

A marca soma-se, no portfólio do grupo, às também inglesas Jaguar – Land Rover, com a Extrema; à Troller, com a Trilhafor; à Kia, com a Orion; à Ford, com a Stafor; e à Yamaha Motos, com a Terramotos.

De acordo com o diretor comercial do grupo, Lucio Salazar, em 2019 o grupo espera crescer 20%, atingindo a marca de 1,8 mil veículos e motos novas vendidas. O incremento virá graças à Triumph, “que deve vender entre 15 e 20 motos novas por mês” e novos modelos que devem ser lançados até julho, como a nova Land Rover Evoque e o Jaguar I- Pace, além de cerca de 300 veículos seminovos.

Qual a expectativa com a Triumph Fortaleza, última marca acrescentanda ao portfólio do grupo?

A Triumph remete muito ao estilo de vida inglês, é um símbolo britânico e ela vive um momento muito bom, não só no Brasil, mas no mundo todo. A gente acha que foi a parceria perfeita ter trazido uma marca inglesa – afinal já representamos a Jaguar – Land Rover – de motos premium, muito esperada no mercado.

O modelo mais vendido deve ser o Tiger, assim como nas outras cidades?

O modelo que vem se destacando no mercado brasileiro é o Tiger. Em abril, bem antes de inaugurar, nós já tínhamos 10 pedidos. Acredito que o Tiger vá ser o carro-chefe da marca.

O grupo Agências Peixoto tem oito lojas de seis marcas. Qual delas é a mais antiga? 

A Jaguar – Land Rover é a marca que representamos há mais tempo, desde 2002. No ano passado nós inauguramos a nova loja, toda de acordo com os padrões mundiais, e é uma das maiores lojas do Brasil.

É também a que mais vende? 

Em termo de faturamento, dado o valor agregado, é a Jaguar – Land Rover. Em volume, são as motocicletas Yamaha. Dos carros, a marca que vende mais é a Ford e a Kia. Somos líderes em Fortaleza. Além disso, somos os únicos com selo de especialista da Ford e vendemos com exclusividade os modelos premium Edge ST e Mustang.

A reestruturação da Ford deve afetar os concessionários de alguma forma? 

Eu vejo com bons olhos, significa que ela quer continuar no Brasil. Quando uma empresa está se reestruturando, ela tem visão de futuro, e seus produtos são espetaculares. E nós somos a única concessionária que vende a linha premium, que é o Edge e o Mustang.

As Agências Peixoto sempre atuaram no segmento premium. Como você avalia o atual momento deste mercado?

O mercado premium tem muito a crescer ainda e a gente trabalha muito bem com ele. Em SUV premium, onde a gente tem uma gama de produtos maior, chegamos a fazer até 70% de market share em Fortaleza. Acredito que no segundo semestre a gente vá ter um crescimento bastante satisfatório.

A quê você atribui o bom desempenho do grupo, que atua há 57 anos no segmento?

Somos a primeira loja de veículos usados no Ceará, inaugurou com o meu avô, Jurandir Peixoto, em 1962. Antes da Agências Peixoto, esses carros eram negociados na Praça da Lagoinha e ele ia buscar os carros, que já eram diferenciados, no Rio de Janeiro. Já está na terceira geração da família. Quando eu era mais novo, minha mãe sempre falava que eu tinha gasolina nas veias, e não sangue. Comecei a andar de moto aos quatro anos, com 13 eu fiz a minha primeira venda, então sempre estive ligado de alguma forma ao segmento automobilístico. Somos um grupo cearense e inteiramente focado em carros, acho que por isso conseguimos nos sair tão bem, especialmente no mercado premium.

Este ano, os lançamentos mais aguardados são premium? 

Da Jaguar vamos ter o lançamento do I-Pace, que é o primeiro carro 100% elétrico da marca e na Europa foi eleito “Carro do Ano”. Isso é algo quase inédito, porque só duas vezes antes um carro inglês tinha sido indicado. É um SUV espetacular. Vamos ter ainda o novo Evoque, que chega em julho e já tem fila de espera. Entre 2019 e 2020 a Jaguar – Land Rover vai fazer 11 lançamentos. Estamos bastante otimistas.

Além da Triumph, o grupo planeja trazer alguma outra marca? 

No momento estamos trabalhando a consolidação das marcas e estamos estudando ir para outras praças do Nordeste, mas ainda está em estudo, são coisa a médio e longo prazo.

Planejam também abrir lojas em outras cidades? 

É difícil fazer qualquer previsão de longo prazo no Brasil atualmente. O cenário ainda é turvo, mas nós temos, sim, um planejamento para os próximos cinco anos, que não é tão focado em volume de vendas, mas em qualidade. A gente quer ser líder de qualidade em todas as marcas que a gente atua. O que mais importa não é a venda em si, mas o serviço que você está prestando para fazer a segunda e a terceira venda.