Após ser noticia em todo o país sobre sua saída e prejuízos financeiros, a General Motors anunciou oficialmente rumos totalmente diferentes.

Negociações com a matriz ainda estão sendo feitas, mas a marca aponta que terá investimentos de R$ 10 bilhões no país a serem aplicados entre 2020 e 2024, caso aprovado.

Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul, que havia feito as ameaças de deixar o país, ressalta: “Continuamos trabalhando com os sindicatos, concessionários, fornecedores e governo com o objetivo de viabilizar este novo e adicional investimento de R$ 10 bilhões nas fábricas de São Caetano do Sul e São José dos Campos”.