Camilo Santana (PT) foi reeleito governador do Ceará neste domingo (7). O candidato marcou o seu nome na política como o chefe do Executivo com maior percentual de votos da história do Estado e também das eleições estaduais no Brasil em 2018. Camilo recebeu quase 80% dos votos válidos – cerca de 3,5 milhões de eleitores.

Em coletiva após a apuração, no Comitê Central, o governador agradeceu a oportunidade concedida por seus irmãos e suas irmãs para que ele continue as ações voltadas a melhorar a qualidade de vida da população, marca de seu primeiro mandato. Mais investimentos em Educação, Saúde, Segurança, Infraestrutura, Geração de Empregos, Turismo, Cultura, dentre tantas outros pilares fundamentais para o desenvolvimento do Estado, seguirão norteando o seu plano de governo.

“O meu sentimento é de gratidão ao povo cearense, de muita alegria e muita responsabilidade também. Eu me dediquei muito nesse primeiro mandato a trabalhar pelo Ceará, num momento difícil, com crise econômica, crise política, seca. Mas nós trabalhamos muito, com muito diálogo, muita parceria, respeitando as pessoas. Para mim, essa votação é um reconhecimento desse trabalho. Serei eternamente grato, e a única forma que eu tenho de retribuir essa votação é trabalhando muito ao longo dos próximos quatro anos”, afirmou Camilo, ao lado da vice-governadora Izolda Cela.

Camilo Santana liderou todas as pesquisas realizadas durante o período de campanha no Ceará. Contudo, o candidato sempre enfatizou que continuaria com humildade e pé no chão para assegurar a confiança do eleitor na competência de seu trabalho até este dia 7 de outubro.

O governador foi recebido por militantes na sede da sua campanha em Fortaleza, com muitos gritos de vitória e esperanças de mais quatro anos repletos de conquistas para os cearenses. Camilo fez saldo positivo de sua administração e afirmou que continuará empenhado em vencer os principais desafios que se mostraram para sua equipe até aqui.

“O Ceará avançou em vários aspectos nos últimos anos. Nós conseguimos colocar o Estado como exemplo de gestão fiscal e investimento, exemplo de Educação, que é possível construir uma política educacional com resultados importantes. Para nós, o maior desafio continuará o da Segurança Pública, que é uma questão nacional que estamos agarrados com o problema, temos enfrentado isso com muita seriedade e dedicação. Vou me dedicar para que possamos vencer todos os desafios”.