Confira os melhores momentos da entrevista do canal Tapis Rouge News no YouTube: 

Fortaleza entrou no rol de cidades prioritárias para a expansão da rede de restaurantes Camarada Camarão, fundada há 21 anos em Recife. A primeira loja, na entrada principal do shopping RioMar Fortaleza, foi inaugurada há menos de um mês. A marca propõe pratos que unem a culinária nordestina e contemporânea a preços competitivos, assinados pelo chef e surfista francês François Schmmitt.

A fórmula de sucesso da rede foi encontrada pelo engenheiro de pesca e empresário Sylvio Drummond, que começou na empresa de carcinicultura do pai, no Piauí, e viu a possibilidade de popularizar o consumo de camarão com fast food de frutos do mar. A primeira unidade foi a Camarão e Companhia, rede de franquias que tem hoje 59 unidades no Brasil. Em 2005 veio o Camarada Camarão, “mais restaurante e menos fast food, mas também com preços agressivos e aproveitando a tendência de aproveitar as áreas gourmets dos shopping”, resume.

A unidade do RioMar Fortaleza, a sétima da marca, tem 1 mil m² e 290 lugares, com decoração que mescla rusticidade e sofisticação. Além desta, devem ser abertas outras 20 unidades nos próximos cinco anos e também estrear a marca Camarada Camarão em Brasília (DF) e São Paulo, onde as unidades devem ter “pelos menos 600 lugares e entre três e quatro mil m². Atualmente a nossa maior casa, em Recife (PE), tem 400 lugares”.

Você já trabalhava há bastante tempo produzindo camarão. Como surgiu a ideia de vender o produto pronto?

O meu pai tinha desde 1984 uma fazenda de produção de camarão em Parnaíba (PI), então sempre trabalhamos com camarão de alguma forma. Isso me influenciou até a fazer Engenharia de Pesca, depois fui pra área comercial e fiz Economia. A fazenda hoje é autossustentável, nos da larvicultura, reprodução, engorda e beneficiamento. Claro que tudo isso facilitou bastante a nossa experiência e, em 1994, eu apostei em fast food de frutos do mar. Em 1999 começamos a expandir nos shoppings, hoje uma parte da rede é de franqueados. Em 2005 veio o Camarada Camarão, mais restaurante e menos fast food. Estamos aproveitando essa tendência de áreas gourmet dos shoppings.

A unidade do RioMar Fortaleza é a primeira de um plano de expansão da marca?  

Hoje são sete operações com essa. Temos três em Recife, duas no Rio de Janeiro, uma em Aracaju e agora a de Fortaleza. Temos um plano de expansão de mais 20 operações nos próximos cinco anos. Em outubro vamos inaugurar Salvador (BA) e em novembro João Pessoa (PB).

Dentro desse plano de expansão há outras unidades previstas para Fortaleza?

Vamos primeiro maturar acasa, ver como o público recebe, mas temos um produto que o cearense adora a preços competitivos. Não temos nada confirmado no momento, mas acredito que Fortaleza comporta mais umas duas operações.

Essas 20 incluem a entrada nas praças do Sudeste?

Em 2020 vamos focar no Centro Oeste e no Sudeste. As primeiras serão em Brasília e São Paulo, que devem ter também lojas maiores. Atualmente as nossas lojas têm uma média de 1 mil m². A maior, no RioMar Recife, tem 400 lugares e 2,5 mil m². Acredito que em São Paulo e Brasília devemos ter pelo menos 600 lugares, entre três e quatro mil m².

Atualmente, qual dos dois negócios – Camarada Camarão e Camarão e Companhia – tem mais peso no todo?

Somando, temos 66 unidades. Uma parte delas é franquia da Camarão e Companhia, tendo como principal mercado o Rio de Janeiro. Mas o Camarada é hoje o nosso foco de expansão. E estamos apostando muito na tendência de gourmetização dos shoppings, atuar nesses espaços estratégicos é o nosso foco.

Quais características do Camarada que devem conquistar o paladar local? 

Sem dúvida, o custo benefício com qualidade. Temos porções generosas, a depender do prato, dá até para quatro pessoas. Isso com preços bem agressivos. E temos também porções um pouco menores de segunda a sexta, a partir de R$ 79, pratos como moquecas, lagostas, sirigado… E temos ainda happy hour todos os dias, de 17h às 20h, com 50% em todas as bebidas e um cardápio específico.

Chef François Schmmitt
François Schmitt, criador do menu do Camarada Camarão

O que o inspirou para criar os pratos do Camarada Camarão?

Chef François Schmitt – Tudo o que é do mar eu amo cozinhar: camarão, peixe, lula, sirigado e outros peixes nobres do Nordeste. Sou surfista e tudo o que vem do mar, para mim é inspiração. Então, é uma coisa natural. Apesar de ser francês, moro no Brasil há mais de 30 anos e eu procuro juntar os dois mundos. A cultura brasileira e o rigor francês, a técnica e a fartura e o amor da comida nordestina.

O que o cliente não pode deixar de experimentar no Camarada Camarão?

Chef François Schmitt – Pra um chef, os pratos são como filhos. Gosto de todos eles. Mas o Camarada não tem só pratos, tem momentos. Temos um happy hour maravilhoso; de segunda a sexta temos o Due, que é o nosso cardápio executivo; pratos com camarão a R$ 79 para três pessoas e releituras de pratos tradicionais brasileiros com um toque contemporâneo.